• banner-medicosdf-1
Início ---------- Clínicas Referência ---------- Hospitais Referência ---------- Contato ---------- Cadastro Médico
Conheça o Instituto Durães

bt-t-olhos-pngx  61 3326-7000

As técnicas da medicina estão cada vez mais avançadas. Exemplo disso é a cirurgia de pálpebras sem pontos nem cicatriz. A cirurgia exige maior conhecimento do especialista, porém é menos traumática para o paciente e a recuperação é melhor. É indicada para quem tem bolsas de gordura nas pálpebras inferiores.

OLHO

“A plástica transconjuntival é uma abordagem feita por dentro da pálpebra inferior. Pela incisão se retira todo excesso de gordura e, em seguida, é feita uma escultura na gordura palpebral com pouco trauma e sem necessidade de pontos”, explica Rodrigo Durães, oftalmologista plástico ocular do Instituto Durães.

O procedimento é feito com anestesia local, não há necessidade de internação, e dura em torno de 40 minutos. O pós-operatório é rápido, pois o paciente precisa ficar apenas 48h em repouso. Neste período, deve-se colocar compressa de soro fisiológico gelado na região, usar colírio anti-inflamatório e antibiótico por sete dias. As atividades físicas só devem ser retomadas após duas semanas.
  
“Além de não deixar cicatriz visível, esta técnica evita complicações, como ressecamento ocular”, afirma o especialista. A cirurgia traz melhores resultados para pacientes que não apresentam excesso de pele nem flacidez na região, como os mais jovens. Porém, os pacientes que apresentam sobra de pele nas pálpebras, podem fazer tratamento de rejuvenescimento com laser de CO2 no ato da cirurgia, com excelente resultado. Não há contra indicação, desde que o paciente não tenha doença sistêmica que proíba qualquer procedimento cirúrgico.

O rejuvenescimento da pálpebra inferior também pode ser feito por meio de outras duas técnicas. A mais tradicional, conhecida como técnica do retalho cutâneo, consiste em uma incisão externa logo abaixo dos cílios, que permite a retirada da pele flácida excedente e também a remoção de pequena parte da gordura que ocasiona o “inchaço” abaixo das pálpebras. Outra opção é a técnica do retalho miocutâneo (músculo e pele). Nesta, a continuidade da estrutura muscular necessita ser interrompida para que o excesso de pele e gordura possam ser removidos.

Duraes-pngy

“As técnicas atuais de blefaroplastia costumam propiciar resultados compensadores, de forma que o paciente não fique com aparência de operado, apenas rejuvenescido com naturalidade”, finaliza Rodrigo Durães.
Perfil do Dr. Rodrigo Durães Clique Aquí!

Corpo Humano

Veja as especialidades médicas relacionadas à anatomia humana

anatomia-transp

Fale com nossa área comercial. Click no banner abaixo.